FAÇA SUAS COMPRAS PELO NOSSO BLOG.

Top30 Brasil - Vote neste site!
FAÇA SUAS COMPRAS PELO NOSSO BLOG. Concurso de sites Top30.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

SAMBA DA OUVIDOR EM BH



O “Samba da Ouvidor” é uma roda de samba realizada quinzenalmente nas tardes de sábado, na esquina de Rua do Ouvidor com Rua do Mercado, Centro antigo do Rio de Janeiro.

A roda é formada por jovens músicos de muito talento, que interpretam um repertório de sambas das décadas de 30 a 80 com uma linguagem e instrumentação inspirados nas antigas rodas de sambas no terreiro da escolas, sob o aval de freqüentadores ilustres como Hermínio Belo de Carvalho, Cristina Buarque, Moacyr Luz, além de importantes jornalistas como Heloísa Seixas, Rui Castro, Aloísio Maranhão, dentre outros grandes formadores de opinião do nosso país.

A roda acontece desde dezembro de 2007, quando os jovens decidiram organizar algo totalmente diferente e fora dos padrões de mercado, tendo no samba o seu principal foco.

O que se vê no Samba da Ouvidor é, portanto, um belo diálogo entre o passado e o presente, trazendo a alegria e beleza dos antigos sambas para um público formado em sua maioria por jovens entre 20 e 30 anos, o que certamente contribui para assegurar um futuro feliz ao principal personagem de toda essa história, o samba.


O Samba da Ouvidor, apresenta um repertório composto por sambas menos conhecidos, de autores consagrados como Nelson Cavaquinho, Silas de Oliveira, Candeia, Monarco, Dona Ivone Lara, Cartola, além de muitos outros grandes sambistas ainda no anonimato como por exemplo Zé Ramos, Baiano do Cabral, Noel Rosa de Oliveira, Aniceto da Portela, entre outros que deixaram grandes obras, que hoje, podem ser ouvidas em plena a Rua, de graça, sem distinção de cor, raça ou classe social.

Através de um intenso trabalho, o Samba da Ouvidor resgata essas composições e por isso tornou-se referência para os apaixonados por samba de todo Brasil e até do exterior.

Conscientes de sua imensa responsabilidade, os jovens músicos que integram a roda, procuram interpretar os sambas com a máxima fidelidade de instrumentação e linguagem dos antigos pagodes dos morros e subúrbios cariocas do início do século XX, valorizando instrumentos como tamborim, agogô, cuíca, reco reco de madeira, prato e faca...

Contando com o charme do Centro do Rio e o seu valor histórico, o público encontra no Samba da Ouvidor um ambiente familiar e democrático.

O Samba da Ouvidor viu seu público crescer rapidamente e passou a ser um novo pólo cultural na mesma região onde estão situados importantes espaços culturais como: Centro Cultural do Banco do Brasil, Centro Cultural dos Correios, Casa França Brasil, entre outros, hoje, movimentando mais de mil pessoas por roda realizada.
O grupo é formado por:

Gabriel Cavalcante – cavaco e voz
Gabriel Menezes - cavaco
Julião Rabello – violão de 7 cordas e voz
Iuri do Violão – violão de 6 cordas e voz
Fábio Cazes – surdo e voz
Edoardo Velha – tamborim e voz
Leonardo Lelê – tamborim e voz
Ricardo Brigante – reco reco de madeira
Marcello do Bip – agogô e voz
Bidu – prato e faca e pandeiro
Thadeuzinho – repique de anel
Paulinho Bicolor – cuíca
Raphael do Pandeiro – pandeiro e voz
Daniel Camisa de Botão – caixinha de fósforo