FAÇA SUAS COMPRAS PELO NOSSO BLOG.

Top30 Brasil - Vote neste site!
FAÇA SUAS COMPRAS PELO NOSSO BLOG. Concurso de sites Top30.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Projeto Feira do Choro acabará por falta de patrocínio

Por Ocê no Samba

BH permite mais um absurdo cultural: o fim da Feira do Choro
O título é uma lamentação não só do Ocê no Samba que preza integralmente pelo que é feito e consumido em BH quando se fala em Samba e Choro. Mas para todos que veem na arte uma forma de mudança real no mundo. Todos os eventos, artistas e casas que se propõe a receber essas artes ganham não só a simpatia do Ocê, mas de todos que apreciam cultura. Pois é. Este texto é para comunicar que a Feira Tom Jobim, ou Feira do Choro, que fica no Funcionários, pertinho do Colégio Arnaldo terá sua última edição amanhã. O motivo? O de sempre. Falta de apoio ou percepção que a sociedade é mais complexa do que pensar apenas em materialismo burro e burocrático. Há uma necessidade clara de buscarmos algo a mais.
Em entrevista por telefone, a Curadora da Feira, Beatriz Myrrha, falou ao Ocê em tom de tristeza o que levou ao término de uma das mais bacanas iniciativas de BH. “Não havia apoio. O instituto Aletria orginalmente é voltado para a leitura, contadores de história. Mas, nossa diretoria sempre foi apaixonada pelo Choro e resolvemos bancar a ideia. Sobrevivemos um ano e cinco meses tirando dos bolsos o sustento do evento. Basicamente por essa falta de recursos que amanhã será a última vez que a feira será montada para nossa tristeza com essa perda para nós e para os amantes do Choro”, explicou Beatriz com grande pesar.

Nenhum comentário: