FAÇA SUAS COMPRAS PELO NOSSO BLOG.

Top30 Brasil - Vote neste site!
FAÇA SUAS COMPRAS PELO NOSSO BLOG. Concurso de sites Top30.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

VALE A PENA LER ( TEM A VER COM SAMBA)

I COLÓQUIO INTERNACIONAL
SABERES DA DIÁSPORA AFRICANA NO BRASIL
(diáspora: dispersão - define o deslocamento de grandes massas populacionais originárias de uma zona determinada para várias áreas de acolhimento distintas. )

25 de novembro a 01 de dezembro de 2009-Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Trem e música: componentes tradicionais das comunidades negras nas Américas. Confirmando essa tradição, no início do século XX, e fugindo da perseguição imposta pela elite às práticas simbólicas negras, Paulo da Portela e seus companheiros de escola reuniam-se no trem (que foi transformado em "sede social"), na volta do trabalho, cantando e tocando samba.

Bem mais tarde, em 1991, Marquinhos de Oswaldo Cruz (cantor e compositor portelense) vai também utilizar o trem como um espaço para reunião de sambistas. Também fugindo da repressão às vozes e ritmos negros, Marquinhos e um grupo de sambistas refazem no trem a rota da diáspora dos descendentes de escravos expulsos do centro da cidade. Buscavam mostrar à cidade, a música que era produzida no subúrbio e, em especial, no desconhecido bairro de Oswaldo Cruz.

Um vagão de trem continuou a ser utilizado ainda em 1992. No entanto, foi em 1996 que o "Pagode do Trem" passou a comemorar o Dia Nacional do Samba. Assim, Marquinhos inventa uma forma original de celebrar o dia 02 de dezembro, relembrando a trajetória do povo negro que com a reforma Pereira Passos, foi expulso dos lugares nobres da cidade para os subúrbios e morros.

Nesse ano, em conjunto com a comemoração do Dia Nacional do Samba, propomos a realização de um colóquio onde discutiremos a história da cultura musical negra brasileira, que contará com a presença de pesquisadores renomados, além de artistas do mundo do samba.

Assim, durante cinco dias estaremos discutindo os saberes que foram/são construídos a partir da Diáspora Africana no Brasil. Saberes que foram trazidos nas memórias dos corpos e das vozes dos sujeitos pertencentes às culturas dos Umbundus, Ovimbundus e Congos.

Esses povos Bantus, além do semelhante nível linguístico, mantiveram uma base de crenças, rituais e costumes muito similares, desenvolvendo uma cultura homogênea que se faz presente no cotidiano dos brasileiros.

Indo na contra-mão de uma corrente que destaca o exotismo africano e que insiste em considerar iorubas como sinônimo de africanidade, pretendemos discutir a história desses ancestrais esquecidos que, seqüestrados da África Central, foram levados para a Argentina, Peru, Colômbia, Peru, Uruguai, Suriname, Brasil, Caribe, EUA e Canadá, participando da construção da história do continente americano.

PROGRAMAÇÃO

Dia 25/11
4ª. Feira

Credenciamento dos Participantes
Horário: A partir das 10:00
Local: Hall do Auditório 91 - Uerj

Mesa de Abertura
Horário: 14:00
Local: Auditório 91 - Uerj

Conferência de Abertura: As Epistemes Africanas na Diáspora
Conferencista: Rémy Bazenguissa-Ganga (Université Lille1/CEAf - EHESS)
Horário: 15:00
Local: Auditório 91 - Uerj

28/11
5ª. Feira

Mesa-redonda: Territórios Sagrados Negros no Brasil
Palestrantes: Prof. Dr. José Flávio Pessoa de Barros /Uerj, Prof. Dr. José Jorge de Carvalho/UnB e Profa. Dra. Hebe Mattos /Uff.
Debatedora: Prof. Elisa Larkin/IPEAFRO
Horário: 10:00
Local: Capela Ecumênica - Uerj

Mesa-redonda: O Trânsito Cultural no Atlântico Negro
Palestrantes: Prof. Dr. Robert Slenes/Unicamp, Prof. Dr. Silvio Oliveira/ Uneb, prof. Dra. Edna dos Santos / Uerj (A CONIFIRMAR)
Debatedora: Prof. Dra. Florentina de Souza/UFBa
Horário: 14:00
Local: Capela Ecumênica - Uerj

Confraternização com Feira de Quitutes da Culinária Afro-Carioca
Horário: 19:00
Local: Capela Ecumênica - Uerj

27/11
6ª. Feira

Instituições, Festas e Celebrações Negras-Brasileiras
Palestrantes: Profa. Dra. Martha Abreu/Uff , Prof. Dr. Ubiratan Araújo/UFBa e Profa. Dra. Edil Costa/Uneb
Debatedora: Profa. Dra. Regina de Jesus /Uerj (A CONIFIRMAR)
Horário: 10:00
Local: Auditório 111 - Uerj

Rodas de Conversa: Os Sambas da Mangueira
Participantes: Marquinhos de Oswaldo Cruz e Velha Guarda da Mangueira
Horário: 14:00
Local: Auditório 111 - Uerj

30/11
2ª. Feira

Mesa-redonda: As Tradições Musicais Negras Brasileiras
Palestrantes: Profa. Dra. Denise Barata/ Uerj , Prof. Dr. Salomão Jovino da Silva/ Instituto Aruanda Mundi e Marquinhos de Oswaldo Cruz/Cantor e Compositor
Debatedora: Profa. Dra. Irenilza Oliveira/ Uneb
Horário: 10:00
Local: Auditório 13 - Uerj UERJ

Rodas de Conversa: Os Sambas da Serrinha
Participantes: Marquinhos de Oswaldo Cruz e Velha Guarda do Império
Serrano
Horário: 14:00
Local: Auditório 13 - Uerj UERJ

01/12
3ª. Feira


Conferência de Encerramento: As Tradições Musicais Centro-Africanas no Rio de Janeiro
Conferencista: Prof. Dr. Kazadi wa Mukuna (Kent State University)
Horário: 10:00
Local: Auditório 13 - Uerj UERJ

Rodas de Conversa: Os Sambas de Oswaldo Cruz
Participantes: Marquinhos de Oswaldo Cruz e Velha Guarda da Portela
Horário: 14:00
Local: Local: Auditório 13 - Uerj UERJ

02/12
4ª. Feira

Comemoração do Dia Nacional do Samba no Trem do Samba

ORGANIZAÇÃOCoordenação Geral: Profª Dra Denise Barata – UERJ Comissão Organizadora: Carina Pacheco Teixeira – Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Formação Humana/UERJHelena Machambisse Gaspar – Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Formação Humana/UERJIamê B. Gomes - Graduanda em Ciências Sociais/UFRJMaicon Gilvan Lima Campos – Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Formação Humana/UERJMarcos Sampaio de Alcantara (Marquinhos de Oswaldo Cruz) – Cantor e CompositorVanessa Soares da Silva – Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Formação Humana/UERJViviane Christine Pinto da Costa Coelho da Rocha - Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Formação Humana/UERJRealizaremos uma pré-inscrição, em função da lotação do espaço (230 pessoas).Envie os dados abaixo para o endereço eletrônico lomeadi@gmail.com
Nome:
Profissão:
Instituição:
Endereço Eletrônico:

Serão conferidos certificados para os participantes que obtiverem 70% de freqüência.

Participem, divulguem e visitem nosso blog!
http://www.laboratoriodeoralidadeememoria.blogspot.com/

Por Marcos Cardoso.

Nenhum comentário: