FAÇA SUAS COMPRAS PELO NOSSO BLOG.

Top30 Brasil - Vote neste site!
FAÇA SUAS COMPRAS PELO NOSSO BLOG. Concurso de sites Top30.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Dona Ivone Lara faz única apresentação no Palácio das Artes

Grande dama do samba, a cantora e compositora carioca Dona Ivone Lara se apresenta hoje à noite no Grande Teatro do Palácio das Artes, em Belo Horizonte. A apresentação marcará o encerramento da temporada deste ano do projeto Samba do compositor, idealizado em 2006 pelos sambistas Miguel dos Anjos, Mestre Jonas e Dudu Nicácio, que também estarão no palco. Muito satisfeita com a gravação de seu DVD em agosto, no Canecão (RJ), a artista, de 88 anos, só promete sucessos para o público mineiro.“Vou cantar músicas conhecidas, porque o povo gosta de participar. Não vou colocar nada inédito no repertório, só músicas que as pessoas já conhecem”, explica Dona Ivone. Nesse espírito, ela vai interpretar sambas de própria autoria, como Alguém me avisou, Acreditar e Sonho meu – os dois últimos em parceria com Délcio Carvalho. Suas canções já foram gravadas por gente como Gilberto Gil, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gal Costa e Paulinho da Viola. Dona Ivone não se lembra ao certo de quando foi a última vez que se apresentou na capital mineira, só sabe que “faz bastante tempo” e também foi no Palácio das Artes. “Mostraram um pouco de Belo Horizonte pra mim e fiz amizade boa mesmo na cidade. De Minas gosto de tudo. Principalmente da culinária, que é muito boa. Também gostei muito da comunidade, pois o pessoal participou bastante do show”, elogia. Ela gosta de todo tipo de música e tem apreço especial pelos novos sambistas. Mesmo com tanto tempo de estrada, não deixa de se encantar com os trabalhos de jovens artistas: “É tudo novidade para mim.” Será acompanhada por Gustavo Monteiro (violão de sete cordas), Fernando Bento (cavaquinho), Sérgio Danilo (flauta e clarinete), Robson Batata (percussão), Rafael Leite (percussão) e Frederico Lazarinni (pandeiro). Para Dona Ivone, sua maior contribuição para o samba foi a participação no carnaval. Ela foi casada com Oscar Costa, filho do presidente da extinta escola de samba Prazer da Serrinha. No mesmo ano do casamento (1947) fez um samba com o qual a escola desfilou, Nasci para sofrer. Mais tarde, com o fim da escola, transferiu-se com todo o seu grupo para o Império Serrano – Não me perguntes (com Mestre Fuleiro) foi um de seus maiores sucessos na escola, da qual é madrinha da ala dos compositores. De onde vem a força para seguir cantando e compondo? “O que me dá energia é a alegria, o povo e a amizade. O que me inspira agora não são mais os namorados. Antigamente era. Agora, é estar num bom ambiente com uma boa roda de samba”, responde.

ORALIDADE

“Ela é a rainha do samba, a maior compositora brasileira hoje. Nem sabia que algumas músicas que gostava eram dela. Muitos autores só conheci em rodas de samba, naquela tradição de oralidade. Sabia da existência de Dona Ivone, mas só depois de frequentar as rodas é que passei a saber mais sobre suas músicas. Hoje, são as músicas dela de que mais gosto de cantar. Foram também os primeiros sambas que guardei com carinho. São canções simples, com melodias bonitas e cadência gostosa e envolvente”, lembra Dudu Nicácio, um dos criadores do Samba do compositor. O projeto, criado por ele, Miguel dos Anjos e Mestre Jonas, teve início em 2006 no bar belo-horizontino A Casa. Semanalmente, o trio pinçava nomes do samba mineiro para apresentá-los ao público, valorizando talentos locais. A ideia deu certo e logo o projeto cresceu. No primeiro semestre deste ano, a mostra Samba do compositor percorreu quatro cidades (Governador Valadares, Uberlândia, Montes Claros e Campinas/SP) e contou com as participações especiais de Noca da Portela, Nei Lopes, Monarco e da própria Dona Ivone. “Continuaremos agora com a tarefa de aumentar a visibilidade do samba mineiro para fortalecer a cena daqui”, adianta Dudu.

DONA IVONE LARA

Show de da cantora e compositora, com participação de Miguel dos Anjos, Mestre Jonas e Dudu Nicácio. Terça-feira, às 21h, no Grande Teatro do Palácio das Artes, Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro. Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Informações: (31) 3236-7400.

Eduardo Tristão Girão - EM Cultura


Nenhum comentário: