FAÇA SUAS COMPRAS PELO NOSSO BLOG.

Top30 Brasil - Vote neste site!
FAÇA SUAS COMPRAS PELO NOSSO BLOG. Concurso de sites Top30.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

quinta-feira, 30 de julho de 2009

DIA DO SAMBA NO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE

VOCÊ SABIA DO PROJETO DE LEI 1860/2008?


Pois é, a vereadora Neila Batista (PT) apresentou o projeto que foi aprovado conforme texto abaixo:


"Os outros dois projetos aprovados, nesta sexta-feira(12/12/2008), em votação simbólica e em primeiro turno, foram o 1.840/08, que institui o Dia Municipal dos Motociclistas em 27 de julho, de autoria da vereadora Neila Batista (PT); e o 1.860/08, também de Neila Batista, que cria o Dia do Samba no Município de Belo Horizonte, a ser comemorado em 6 de setembro."

click na imagem

Não entendi porque já existindo o "dia nacional do samba", o motivo de se criar uma data só para BH, mas vale o fato de alguém estar pensando no samba dentro do poder público. Vejamos se algo acontece.

Maiores informações sobre o projeto, no gabinete da vereadora Neila Batista (3555-1182/2283), e na Superintendência de Comunicação Institucional (3555-1105/3555-1216).

Colaboração do amigo M.Marçal.

Um comentário:

Mestre Affonso disse...

Na Câmara Municipal, 18 vereadores, sob a presidência do Vereador Hugo Thomé, estão trabalhando em defesa do carnaval.
Quanto ao Dia do Samba em Belo Horizonte (seja lá em qual dia for) nada acrescentará às nossas necessidades, que sequer foram discutidas conosco. Essa idéia surgiu na última campanha política. Com todo o respeito, jamais vi a vereadora citada em nenhum samba da cidade. Quem tentou movimentar o samba em prol da sua campanha foi o Juninho do Som e penso que é dele a idéia.
Ao invés de criar o tal Dia do Samba, que já existe, deveriam criar debates, simpósios e oportunidades reais para os sambistas profissionais.

Nossas casas de samba são fechadas sem nenhum critério, não existe amparo legal para os sambistas profissionais, BH – em matéria de amparo e oportunidades aos músicos – está virando túmulo do samba. Dia do Samba? A idéia seria linda se fosse funcional.